(47) 3444 4434

PROTEÇÃO CATÓDICA

By API Dutos on 12 de novembro de 2017 in PROTEÇÃO CATÓDICA
0
0

Para execução de um projeto de proteção catódica, são necessários dados de campo e da estrutura a ser protegida. Estes dados são coletados através de levantamento de campo, exemplo:

  • Levantamento de resistividade do solo
  • Levantamento de potencial
  • Pesquisa de correntes de interferências.

Os resultados destes levantamentos indicarão o tipo de proteção catódica a ser utilizada, galvânica ou por corrente impressa.

Sistemas galvânicos
O sistema de proteção catódica galvânica é aquele que utiliza uma força eletromotriz, de natureza galvânica, para imprimir a corrente necessária à proteção da estrutura considerada. Esta força eletromotriz resulta da diferença de eletronegatividade entre os anodos e a estrutura que se deseja proteger. Os materiais mais utilizados como anodos galvânicos são ligas de magnésio, alumínio e zinco.

Sistemas por corrente impressa
O sistema de proteção catódica por corrente impressa é aquele que utiliza uma força eletromotriz, proveniente de uma fonte externa de corrente contínua, para imprimir a corrente necessária à proteção da estrutura considerada. Esta força eletromotriz pode provir de baterias convencionais, baterias solares, termo-geradores, conjuntos motor-gerador ou retificadores de corrente alternada.

Os retificadores constituem a fonte mais frequentemente utilizada, através dos quais retifica-se uma corrente alternada para injetá-la no circuito de proteção. Os anodos mais empregados são de titânio revestidos com óxidos nobres, grafite e ferrosilício.

API Dutos

About the Author

API DutosView all posts by API Dutos
Empresa fundada em 2008, na cidade de São Francisco do Sul-SC

0 Comments

Add comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Copyright 2017 - API dutos | Desenvolvido por Dripp